Pedido de interdição de Jair Bolsonaro é negado por juiz

Para o magistrado, o pedido não atendia os requisitos necessários para uma análise.

Publicado por: em 11 de setembro de 2019 - 9:12

Apto

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O juiz substituto Rolando Valcir Spanholo, da 21ª Vara Federal do DF, decidiu negar uma ação popular pedindo a interdição do presidente Jair Bolsonaro para o exercício do cargo. Para o magistrado, o pedido não atendia os requisitos necessários para uma análise.

No documento, o autor relatava vários atos praticados por Bolsonaro e afirmava que ele não tinha condições de seguir na função.

O juiz, no entanto, afirmou que “o foco do seu ataque repousa, única e exclusivamente, sobre a pretensa inexistência de capacidade civil para que ele continue desempenhando as atribuições e as competências do cargo de Presidente da República. Questionamento esse que não se amolda ao rol de hipóteses passíveis de enfrentamento no bojo das ações populares”.

Com informações do Pleno News e da redação do Portal 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com