Voto Contra

Felipe Carreras, cobra PSB por decisão e votará contra o aumento do “fundão eleitoral”

Parlamentar cobra decisão de seu partido e diz já tomou sua decisão e votará contra o aumento

Foto: Divulgação

O deputado federal Felipe Carreras (PSB-PE), adiantou o seu voto sobre o aumento de R$ 2 bilhões nos recursos para as campanhas eleitorais. O socialista ainda cobrou um posicionamento do partido sobre a questão. “Essa decisão precisa ser urgente. O Brasil tem demandas mais importantes”, disse.

Nesta terça-feira (27), a Câmara dos Deputados deve votar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O texto aumenta o chamado “fundão eleitoral” de R$ 1,7 bilhão para R$ 3,7 bilhões.

Em meio ao embate entre o PSB e Felipe que está sofrendo alvo de processo disciplinar, após ter votado a favor da Reforma da Previdência, contrariando o pedido do partido. Alguns amigos de partido saíram em defesa de Carreras, um deles foi o deputado João Campos (PSB-PE).

Felipe correu o risco de ser expulso do partido, despertando o interesse de outros partidos. Um deles foi o PSD, no qual poderia vim como candidato a Prefeitura do Recife. Outra possibilidade foi a aliança com a deputada Marília Arraes (PT-PE) e do deputado Túlio Gadelha (PDT-PE).

O Diretório Nacional do PSB vai decidir a punição que será aplicada aos dez parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, incluindo Felipe, até o final deste mês. A instância partidária convocou os seus membros para se reunirem nos dias 30 e 31 de agosto.

Veja Mais

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com