Arcoverde

Arcoverde divulga balanço semestral de atividades da Secretaria de Agricultura

Na Operação Pipa (do Exército), foram mais de 3 mil carradas d'água beneficiando mais de 9 mil famílias.

, Arcoverde divulga balanço semestral de atividades da Secretaria de AgriculturaA Secretaria de Agricultura do município apresentou levantamento de atividades realizadas nos últimos seis meses, na área rural de Arcoverde. A recuperação das estradas vicinais, mesmo no período de chuvas frequentes, foi um dos destaques. Várias estradas e atalhos foram recuperados na Aldeia Velha, Zumbi, Açude Velho, Cocal, Junça, Descobrimento, Coqueiro, Gravará, Caraíbas, Serra das Varas (Cedec), Lagoa-da-Porta, Peripiri, Tinideira, Umbuzeiro do Sono, Cafundó, Pedra de Fogo, Lagoa, Cocal, Escondido, Casa Branca, Mocó, Lagoa do Pinto, Pintada, Carrapateira, Serra da Jurema e Titanic.

“Já a recuperação da Estrada de Ipojuca foi incluída no Programa Caminhos de Pernambuco, que visa promover a requalificação da malha viária estadual nos próximos dois anos. A primeira etapa abrangerá cerca de dois mil quilômetros de pavimentação, incluindo a via de acesso ao distrito”, afirmou o secretário municipal de Agricultura, Alberto Estevão Vaz.

Outro destaque da pasta é o Programa Trator na Roça, que vem atendendo cerca de 200 lavradores com demandas em várias localidades como Queimada da Onça, Fundão, Caraíbas, Serra das Varas e Gravatá, entre outras. As comunidades receberam mais de mil carradas d’água para abastecimento de seus reservatórios.

Na Operação Pipa (do Exército), foram mais de 3 mil carradas d’água beneficiando mais de 9 mil famílias.
Houve ainda o pagamento das parcelas do Programa Garantia Safra, para 575 agricultores e a vacinação contra a Brucelose de 98 bezerras, nas comunidades de Gravará, Vocal, Descobrimento, Escondido, Deserto, Santa Rita e Micro-ondas.

O secretário destacou ainda a recente entrega no Matadouro Público de Arcoverde, de fardamentos e itens de Equipamentos de Proteção Individual – EPIs, aos trabalhadores que atuam naquela unidade de abate. O secretário também adiantou que, em breve, a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco – Adagro poderá liberar a autorização para que seja feita uma reforma geral no Matadouro de Arcoverde. Com a reforma, a unidade poderá ser no futuro um Matadouro Regional.

Os principais setores da unidade são: a área de abate, o tendal (área de descanso das carnes) e a triparia. Por semana, são abatidos cerca de 150 bovinos, 150 caprinos e ovinos e 80 suínos. A carne é toda absorvida pelo comércio local entre Mercado Público de Carnes Joel Vilela da Silva (nas dependências do Cecora) e frigoríficos da rede privado.

Por: Comunicação/ Arcoverde

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com