Processo sobre o Instituto Lula tem data marcada pelo STF

O ministro Edson Fachin, responsável no Supremo pelos processos ligados à Operação Lava Jato, é o relator do caso

Publicado em 13 de agosto de 2019

Data marcada

Foto: Ricardo Stucker/Instituto Lula

O Supremo Tribunal Federal marcou para o próximo dia 27 de agosto, o julgamento do recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pede a suspensão do processo que acusa o petista de ter recebido propina por meio de um terreno e do aluguel de um imóvel pagos pela Odebrecht.

Lula é acusado pela Lava Jato de ter recebido a quantia de R$ 12,5 milhões da Odebrecht, em forma de um apartamento e de um terreno que seria destinado ao Instituto Lula. Mas, o projeto social nunca ocupou a área e acabou construído na capital de São Paulo.

A defesa do petista nega as acusações e solicitou a suspensão do processo, alegando que não teve acesso ao acordo de leniência firmado entre a Odebrecht e o Ministério Público Federal (MPF). A Segunda Turma do STF, formada por cinco ministros, avaliarão o pedido.

Publicado Por:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com