Novo processo de impeachment contra prefeito de Camaragibe pode ser votado amanhã (13)

Denúncia aguarda parecer da Procuradoria da Câmara de Vereadores de Camaragibe.

Publicado em 12 de agosto de 2019

Impeachment

Divulgação/ Internet

Preso desde do dia 20 de junho no Centro de Observação e Triagem Everardo Luna (Cotel), o prefeito afastado da cidade, Demóstenes Meira (PTB), é alvo de nova denúncia na Câmara de Vereadores de Camaragibe, protocolada no dia 25 de junho. Para que chegue até a votação no plenário, a denúncia precisa de parecer da Procuradoria da Casa, que se reúne hoje com o presidente do legislativo do município. 

A nova processo se baseia nas investigações da Operação Harpalo, que apura suspeitas de fraudes na licitação para a reforma do prédio da prefeitura, além de corrupção e lavagem de dinheiro. De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Oliveira (PTB), a denúncia pode ser votada amanhã (13) no plenário da Casa. 

Se aprovado, a Câmara instalará uma nova comissão para analisar o impeachment de Demóstenes Meira. O vereador Toninho, presidente da casa, disse que a votação deve ser uma “Caixinha de surpresas”, depois de comentar que vereadores ligados à Meira vem se aproximando da prefeita em exercício, Nadegi Queiroz (DC).

 

Publicado Por:

Estudante de Jornalismo e estagiário do Portal de Prefeitura, na editoria de política. Já atuou como fotógrafo da empresa Cápsula 1 em Porto de Galinhas, apresentador e repórter da Webtv Uninassau, já passou pela TV Leia Já em 2018. Embora seja um apaixonado pela comunicação, já fez Técnico em Química Industrial e em Administração. Quando tem tempo livre gosta de editar vídeos e fazer designer para redes sociais. Adora reportagens especiais e humanizadas.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com