Novo processo de impeachment contra prefeito de Camaragibe pode ser votado amanhã (13)

Denúncia aguarda parecer da Procuradoria da Câmara de Vereadores de Camaragibe.

Publicado por: em 12 de agosto de 2019 - 15:02

Ver Perfil

Impeachment

Divulgação/ Internet

Preso desde do dia 20 de junho no Centro de Observação e Triagem Everardo Luna (Cotel), o prefeito afastado da cidade, Demóstenes Meira (PTB), é alvo de nova denúncia na Câmara de Vereadores de Camaragibe, protocolada no dia 25 de junho. Para que chegue até a votação no plenário, a denúncia precisa de parecer da Procuradoria da Casa, que se reúne hoje com o presidente do legislativo do município. 

A nova processo se baseia nas investigações da Operação Harpalo, que apura suspeitas de fraudes na licitação para a reforma do prédio da prefeitura, além de corrupção e lavagem de dinheiro. De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Oliveira (PTB), a denúncia pode ser votada amanhã (13) no plenário da Casa. 

Se aprovado, a Câmara instalará uma nova comissão para analisar o impeachment de Demóstenes Meira. O vereador Toninho, presidente da casa, disse que a votação deve ser uma “Caixinha de surpresas”, depois de comentar que vereadores ligados à Meira vem se aproximando da prefeita em exercício, Nadegi Queiroz (DC).

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com