Denúncia

Denúncia sobre supostas irregularidades em licitação da Casa de Farinha

A Casa de Farinha também ficou em segundo lugar nos outros dois lotes disponíveis no processo

, Denúncia sobre supostas irregularidades em licitação da Casa de Farinha
Foto: Divulgação

Duas empresas entraram com recursos afirmando que a Casa de Farinha não tinha condições para continuar com o fornecimento de alimentos a MCP Refeições Ltda. e a Inowa Soluções em Fornecimento de Alimentos Preparados Eireli ME. Os pedidos foram indeferidos.

A empresa Casa de Farinha S/A venceu uma licitação para continuar a fornecer alimentação escolar, almoços e lanches para 44 Escolas de Referência no e 24 Escolas Técnicas no Estado. Ao todo, são 68 escolas com fornecimento de alimentos da empresa. Mas o processo vem sendo contestado pelas concorrentes.

O edital de licitação é do dia 5 de abril deste ano e o resultado foi publicado no Diário Oficial no dia 26 de julho.
O contrato fechado totaliza R$ 24 milhões para quatro lotes.

Com informações do Blog do Jamildo, no documento também são citadas a RBX Alimentação e Serviços Eireli, a Ponta Distribuidora de Alimentos e Serviços ME e a Genibson Pinto de Santana ME. As empresas queriam recorrer do resultado, mas não anexaram os documentos no sistema, nem em meio físico. Veja abaixo:

, Denúncia sobre supostas irregularidades em licitação da Casa de Farinha

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com