Publicidade

Crivella denuncia contrato sem licitação da Fundação Roberto Marinho

“No governo anterior, R$ 214 milhões foram dados à Fundação Roberto Marinho. Eu gastei, pra salvar vidas, R$ 50 [milhões]”, afirmou Crivella.

Crivella, Crivella denuncia contrato sem licitação da Fundação Roberto Marinho

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, veio a público prestar esclarecimentos após o Tribunal de Contas do Município (TCM-RJ) determinar, na última quarta-feira (24), inspeção em 38 obras emergenciais feitas sem contrato pela Prefeitura.

Crivella atacou a gestão anterior, de Eduardo Paes (DEM), e acusou a Fundação Roberto Marinho, do Grupo Globo, de receber R$ 214 milhões sem licitação. A instituição nega e diz que os contratos estão dentro da legalidade.

Em entrevista à emissora Record, o prefeito do Rio declarou:

“No governo anterior, R$ 214 milhões foram dados à Fundação Roberto Marinho. Eu gastei, pra salvar vidas, R$ 50 [milhões]. A Fundação Roberto Marinho, não me consta que tinha estado de calamidade pública, nem que tinham vidas em risco e recebeu R$ 214 milhões da Prefeitura para fazer consultorias, uma delas em projetos de arquitetura e obras de engenharia.”

Fundação Roberto Marinho se explicou:

“Os contratos assinados com o município do Rio de Janeiro estão em perfeita conformidade com a legislação aplicável e passaram por todos os estágios de aprovação necessários e foram executados dentro dos princípios da transparência, moralidade, legalidade e eficiência.”

Fonte: Renova Mídia 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com