“Hoje sou chamada de fascista” diz Regina Duarte após apoio a Bolsonaro

Publicado por: em 30 de maio de 2019 - 12:37

Ver Perfil

Foto: Twitter Jair Bolsonaro/Reprodução

A atriz Regina Duarte, disse durante entrevista ao Programa do Bial, que foi ao ar na madrugada desta quinta-feira (30), na rede Globo, que hoje é chamada de fascista por apoiar o presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ). Ela disse que em 2002 foi chamada da terrorista e hoje está sendo chamada de fascista”.

A atriz fez uma comparação sobre a sua situação atual com 2002, quando em uma peça da campanha eleitoral presidencial daquele ano, provocou polêmica ao dizer que tinha medo de uma eventual ascensão do PT ao poder.

A atriz declarou voto ao então candidato Jair Bolsonaro (PSL) e afirmou em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo que o político era “um cara doce, um homem dos anos 50, um jeito masculino, machão”.

Regina revelou ser atacada nas redes sociais por pessoas que não concordaram o fato da atriz apoiar o presidente Jair Bolsonaro. Além do atual presidente, Regina apoiou Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso e José Serra.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com