Com receio de Mourão, partidos de esquerda descartam impeachment

As siglas pretendem monitorar os resultados das próximas manifestações, a do dia 26 a favor do governo e a do 30, contra o bloqueio de verbas da educação

Publicado em 23 de maio de 2019

impeachment

Foto: Montagem/Portal de Prefeitura

Nesta quarta-feira (22), dirigentes de cinco partidos de oposição ao governo se reuniram e concluíram que não é o momento de pedir o impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Para os políticos, mesmo com os desgastes, não há uma razão para afastar o presidente. A informação foi dada pelo portal Uol.

O encontro teve a participação da presidente do PT, Gleisi Hoffmann; do presidente do PSB, Carlos Siqueira; do presidente do PDT, Carlos Lupi; do presidente do Psol, Juliano Medeiros; e do vice-presidente do PCdoB, Walter Sorrentino. Eles integram o Fórum dos Partidos de Oposição.

Os presidentes dos partidos consideram que o momento atual é de ampliar o trabalho com membros da sociedade civil. Eles planejam encontros com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e outros.

Temendo Mourão, Lula se posiciona contra o impeachment de Bolsonaro

Publicado Por: