Kajuru chama Gilmar Mendes de bandido

Documentos apontam sociedade de Gilmar Mendes com Aécio Neves, Beto Richa e Marconi Perillo

Publicado em 18 de março de 2019

CPI da Lava Toga

Em discurso recente na tribuna da Câmara o Senador Jorge Kajuru pediu ao Presidente do Senado que instale a CPI da Toga. O parlamentar do PSB por Goiás pediu que Alcolumbre “conduza (a CPI) de maneira republicana, (e que) contribua de maneira histórica para que a Justiça e o Senado estejam à altura da nossa verdadeira democracia”.

Hoje, na frente da sede da Polícia Federal de Goiânia, o ex-jornalista esportivo fez um desabafo vigoroso a um reporter da Rádio Bandeirantes. O alvo maior de sua indignação foi o Ministro do STF, Gilmar Mendes.

Jorge Kajuru insinuou que gostaria de ser presidente ou relator da CPI que investigará o Supremo Tribunal Federal brasileiro. Contudo, ressaltou que se ela for instaurada, será membro atuante na nova Comissão Parlamentar de Inquérito.

O político foi bastante incisivo ao citar o nome de Gilmar Mendes, que, segundo o Senador, será o primeiro juiz a prestar contas à sociedade sobre algumas incongruências. Kajuru informou que tem a posse de documentos que atestam que Mendes possui um patrimônio de 20 bilhões de reais.

O Senador da república acredita que os 20 milhões do patrimônio do juiz do STF tem ligação com a venda de sentenças judiciais. Kajuru crê, dessa forma, o Ministro recebeu valores nada republicanos de Beto Richa (PSDB-PR), Aécio Neves (PSDB-MG) e Marconi Perillo (PSDB-GO).

Jorge Kajuru foi veemente ao declarar que os três nomes citados fazem parte de uma sociedade com Gilmar Mendes numa empresa de nome “Super Frango”. Essa companhia fica na cidade goiana de Itaberaí e existe desde 1973. Em 2016 a “Super Frango” abatia 264 mil aves por hora. A marca exporta atualmente para mais de 150 países.

Ao finalizar suas palavras, o Senador do PSB pediu à opinião pública que use as ruas e as redes sociais para pedir e apoiar a CPI da Toga.

Publicado Por:

© 2019 Portal de Prefeitura - Todos os Direitos Reservados.