Paulo Câmara e o governo de táticas

Publicado em 15 de fevereiro de 2019

Opinião

(Opinião) – Em mais uma jogada extraordinária, o Governador Paulo Câmara mostra que movimentos estratégicos para sair vitorioso são o seu forte. Não é preciso voltar muito no tempo para descobrir que os movimentos táticos do Palácio são extraordinários, e terminam com a derrota dos opositores. Na última eleição, a aliança entre o PSB e o PT foi responsável pela retirada da candidatura da ex-vereadora do Recife, Marília Arraes (PT).

Com 17 votos a 8, a Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores decidiu, na época, apoiar a reeleição do governador de Pernambuco Paulo Câmara, publicando, logo após, uma resolução em que declarava apoio, aos candidatos a governador do PSB, nos Estados do Amazonas, Amapá, Paraíba e Pernambuco, além da candidatura do PCdoB no Maranhão, o que acabou minando a candidatura pleiteada por Marília Arraes.

Marília tentou de tudo, mas no final das contas teve que se render, e acabou se lançando candidata a Deputada Federal pela legenda, da qual faz parte até hoje.

De fato foi uma jogada de mestre, e Paulo Câmara garantiu a própria reeleição.

No jogo de Xadrez, o que chamamos de tática é o movimento que o jogador faz em um curto espaço de tempo, porém, com uma eficiência notável. Como aconteceu na última semana na Assembleia Legislativa de PErnambuco (Alepe), menos de dois dias foi suficiente para realizar uma manobra e garantir a vitória do governo na Casa.

Com ajuda de Isaltino Nascimento (PSB), líder da oposição na Alepe, o governo Paulo Câmara mandou seu recado mais uma vez, e conseguiu, também com o reforço do deputado João Paulo (PCdoB), eleger o coletivo ‘Juntas’, do PSOL, para presidência da Comissão de Direitos Humanos da Alepe, nesta quinta-feira, derrotando a candidatura da deputada Clarissa Tércio, pelo PSC.

Como mostramos aqui no Portal de Prefeitura, numa suposta jogada do palácio, Isaltino Nascimento (PSB), decidiu assumir o lugar de Adalto Santos (PSB) – que já tinha declarado voto em Clarissa Tércio (PSC) – para garantir a vitória em favor da deputada Jô, e o coletivo ‘Juntas’, para presidência da comissão, o que de fato acabou acontecendo. Isto somou mais um xeque mate na lista de Paulo. 

 

Amisadai Silva.

Gestor do site: portaldeprefeitura.com.br

 

Publicado Por:

© 2019 Portal de Prefeitura - Todos os Direitos Reservados.