Sudene apresentou ranking de gestão fiscal em Pernambuco

Publicado em 14 de janeiro de 2019

A Sudene apresentou no último dia 13 de dezembro, durante evento na Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), as prefeituras vencedoras na edição pernambucana do “Prêmio Qualidade dos Gastos Públicos”. O projeto apresenta um ranking com notas calculadas a partir de indicadores que avaliam o desempenho dos gestores em relação ao equilíbrio financeiro, investimentos e despesas sociais.

A Sudene utilizou os dados fornecidos pelo Tesouro Nacional através do levantamento Finanças do Brasil – Dados Contábeis dos Municípios.

As prefeituras de Pernambuco foram distribuídas em quatro classes de habitantes: até 20.000 habitantes; de 20.001 até 50.000 habitantes; de 50.001 até 150.000 habitantes; e acima de 150.000 habitantes.

Então, houve a atribuição de quatro indicadores – investimentos por receita líquida corrente, despesas sociais (estas avaliadas dentro do aspecto da receita líquida corrente e despesas per capita) e equilíbrio financeiro – de modo a se estabelecer uma média ponderada. O cálculo apresentou, então, as notas finais das prefeituras.

Os índices utilizados pela autarquia retratam uma comparação entre os exercícios de 2017 e 2016 com o objetivo de apurar as variações positivas e negativas nos trabalhos dos gestores.

Foram premiadas as prefeituras que se destacaram em cada um dos indicadores, além das três melhores colocadas no ranking geral.

Entre as cidades com até 20 mil habitantes, Dormentes, Cedro e Itapetim ficaram em 1°, 2° e 3° lugar geral.

Tacaratu, Bom Jardim e São José do Belmonte ocuparam as três primeiras colocações gerais entre municípios com população entre 20 mil e 50 mil habitantes.

Entre as cidades maiores, ou seja, com mais de 150 mil moradores, Jaboatão, Caruaru e Recife ocuparam as três primeiras posições.

Os participantes com os menores índices faram parte de um programa de capacitação oferecido pela Sudene em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD Brasil), por meio de um acordo de cooperação técnica assinado entre as instituições no final de 2017.

Fonte e imagens: amupe.org

Publicado Por:

© 2019. Portal de Prefeitura

Todos os Direitos Reservados.