“A aliança de oposição política – Pernambuco Quer Mudar -, só está unida por causa dos interesses de Temer.” Diz Geraldo Júlio

  • Publicado em 3 de fevereiro de 2018

  • Geraldo Júlio fala sobre Segurança Pública, Saúde e a recente aliança política (Pernambuco Quer Mudar) de oposição ao Governo no Estado.

    Sobre recentes ações do Estado no que tange à questão de Segurança Pública, Geraldo pontuou os esforços do Governo: “A gente vê um esforço muito grande de Paulo Câmara. O Governador acabou de contratar 1.500 Policiais Civis para a parte de inteligência e prevenção, que estão na fase de treinamento. Também comprou, motos e carros. ” O Prefeito ainda comentou que, entre as maiores dificuldades em reprimir as associações criminosas, destaca-se o aumento do poder de fogo usado pelos bandidos. “O Governo tem trabalhado muito, mas o número de homicídios tem aumentado por causa da entrada do Crack no país e de armas pesadas nas fronteiras brasileiras. A gente tem visto isso acontecer no país inteiro”.

    Geraldo Júlio citou mais algumas ações de política pública direcionadas aos jovens, e que orbitam em torno da violência urbana: “Uma parceria muito importante que o Governador fez com a gente foi o COMPAZ, lá no Alto Santa Terezinha e na Abdias de Carvalho”. O COMPAZ (Centro Comunitário da Paz) é um espaço que promove a cidadania através de vários serviços prestados  à população. No COMPAZ do Alto de Santa Terezinha, a população tem acesso com mais facilidade ao PROCON, atendimento especializado às mulheres vítimas de violência, sala do empreendedor, aulas de inglês, espanhol e reforço escolar, etc. No da Abdias de Carvalho se tem a mesma facilidade, além de possui uma Unidade de Tecnologia na Educação e Cidadania (UTEC) que oferece aulas de robótica, cursos, oficinas, computadores com acesso à internet, salas de estudo e espaço infantil. O investimento nela foi de R$ 15 milhões, sendo R$ 3 milhões da prefeitura e R$ 12 milhões do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM-PE).  A previsão é de que sejam inauguradas outras unidades do COMPAZ nos bairros do Ibura, Joana Bezerra e do Totó.

    Outra parceria importante do Governo com a Prefeitura no quesito de Segurança Pública é o Ilumina Recife. Trata-se de uma de intervenção urbana que objetiva a implementação de quase 4 mil pontos de iluminação de Led na cidade. Locais como as Avenidas Boa Viagem e Norte,  vias de acesso a  morros e comunidades, como por exemplo, a Rua Santa Izabel, no Alto Santa Izabel, estão no projeto. O investimento é de R$ 12,5 milhões, e vai levar mais segurança aos cidadãos do município. O controle da nova iluminação será por meio de um software, o que ajudará a sanar eventuais pontos que apresentem falhas.

    O prefeito acredita que o quadro está começando a ficar mais definido para as eleições deste ano. A Coligação Pernambuco Quer Mudar, segundo o político, está unida ao Presidente Temer, pois há muitos partidos que se uniram à oposição no Estado, mas que tem, entre si, pensamentos políticos bem diferentes. “São pessoas unidas, mas com ideias diferentes, ideias, inclusive, desconectadas da população”. Diz ainda que essa oposição estadual, patrocinada pelos interesses do Presidente Temer, defende:“O governo que aumentou o gás em 68%, os aumentos do combustível e na conta de luz, e que está querendo privatizar a Chesf para pagar déficit do Governo Federal, ou seja, a política do governo Temer é vender a Chesf. Essa turma do Temer está defendendo todo o atraso que está acontecendo no país”. Geraldo faz um contraponto à “Turma do Temer” : “Tem outra Tuma que está aqui em Pernambuco, governando o Estado, superando as dificuldades que o país está vivendo, e trabalhando para que o povo de Pernambuco e do Recife tenha uma qualidade de vida melhor do que a que o povo brasileiro está vivendo neste momento”.

    Outro assunto tratado na entrevista foi a saída de Recife e de Pernambuco do ranking relativo a mortos e infectados por doenças referentes ao Aedes Aegypt. Geraldo Júlio disse: “O fator principal dessa saída foi o engajamento de toda a população. Nove de cada dez focos do mosquito estão dentro das residências. Há visitas feitas pelos Agentes de Saúde, mas as pessoas, dentro de casa, é que mudaram completamente o seu comportamento, tendo um cuidado muito maior”. Afirmou que foi a conscientização das pessoas que fez com que, no Estado todo, diminuísse o índice de LIRAa- Levantamento Rápido de infestação por Aedes Aegypt.

     

    Comentários

    Publicado Por:

    %d blogueiros gostam disto: