Nossos Parabéns aos Escrivães de Polícia de Pernambuco

  • Publicado em 8 de novembro de 2017

  • Gostaríamos de parabenizar a todos os Escrivães de Polícia pelo dia deles: 05 de novembro. A data do Dia do Escrivão de Polícia foi escolhida por ser o dia natalício de Rui Barbosa, um jurista e político de renome contundente na história nacional. Apesar de postarmos este artigo numa data posterior ao Dia dos Escrivães, vamos, neste artigo, falar da importância deles.
    O Escrivão é parte fundamental da Justiça Brasileira como um todo. Antes de se tonar Processo Penal, uma notícia crime passa pelas mãos do Escrivão com o nome de Inquérito Policial. E qual é a diferença entre ambas as nomenclaturas? Expliquemos melhor.
    É durante a fase de Inquérito que são reunidas aos autos as primeiras provas materiais relacionadas a algum fato criminoso. Tal materialidade pode ser alguma evidência física ou testemunhal. No caso de evidências verificáveis, elas ficam a cargo de perícia por parte do Instituto Médici Legal (IML) ou do Instituto de Criminalística (IC). Quando o Delegado de Polícia entende que há indício de autoria do fato criminoso levantado, remete o Inquérito ao Ministério Público. Se o Ministério Público acolhe a denúncia formatada no Inquérito, então nasce o Processo Criminal.
    O Escrivão de Polícia é aquele que ouve os envolvidos que aparecem nos autos do Inquérito nos papéis de Vítima, Testemunha, Noticiante, Imputado (maior de idade) e/ou infrator (menor de idade). Em nossa função (também sou Escrivã), é comum compartilharmos a certeza de que, ao terminar um Inquérito, somos um Policial fazendo seu trabalho, e, ademais, somos a Sociedade fazendo a Justiça acontecer do jeito certo. São muitas as vezes que, de fato, vamos para casa com a sensação de “dever cumprido”.
    Há muitas demandas de várias ordens que seria importante levar em consideração, tanto para valorizar o Escrivão de Polícia, como para lhe auxiliar na parte técnica de seu ofício. Contudo, nesse artigo, escolhemos focar na importância social desse Policial. Você, escrivão que lê esse artigo, sinta-se valorizado, pois sua importância não tem paralelos na Polícia – e você sabe disso. E, em nome do Portal de Prefeitura, gostaria de deixar uma reflexão para você: “Um excelente trabalho, não existe dinheiro que pague!”. Pense nisso, Escrivão, quando perceber que, para alguém que luta em prol do que é justo e certo, você fez diferença com seu trabalho cartorário.

    Fonte da Imagem: http://sindpoc.org.br

    Comentários

    Publicado Por:

    %d blogueiros gostam disto: